Beer Holder Cego 159 – Diablo

Olá aventureiros bem vindos a Taverna do Beer Holder Cego! Hoje Bardo e Taverneiro recebem Marcelo Rebelo para falarmos sobre Diablo, sua lore e como utilizar essas histórias no RPG!

Então escolha seu personagem, limpe as masmorras e não deixa nenhum inimigo vivo, pois você pode precisar dos corpos!

Você também quem gosta de Diablo? Conta pra gente se você adaptou alguma coisa da lote para sua mesa em: Contato@beholdercego.com

Quer iniciar sua sua carreira de escritor? A Editora Cha está em busca de novos autores independentes e quer te conhecer! https://forms.gle/2N4iDBL9azNvhVia9

Ajude o Beholder Cego respondendo a nossa pesquisa, dessa forma você nos ajuda a te conhecer um pouco mais: 
https://goo.gl/forms/PTte0xEqiZj1e1u32

Compre nesses links e ajude um goblin carente!

Compre a camiseta Dwarf no Barril

Camiseta Dwarf no Barril


Conheça agora as novas camisetas da Taverna:

Assine nosso feed: https://www.beerholdercego.com.br/feed/podcast

Não deixe de compartilhar para todos os seus amigos, juntamente com seus jogadores.

Monte sua mesa, mande fotos e conte um pouco da sua aventura para a taverna!

Fale com a gente pelo e-mail: contato@beerholdercego.com.br

Nas redes sociais somos @beerholdercego no Twitter e Instagram e assim também no Facebook! participe do Grupo da Taverna.

Não esqueça de ajudar a taverna divulgando nosso podcast bem como avaliando positivamente na ITunes.

Seja um padrinho da taverna, assim também, você nos ajuda a continuar crescendo:

https://www.padrim.com.br/obeholdercego

PicPay da Taverna

Muito obrigada aos nossos queridos padrinhos que contribuíram e dessa forma, estão ajudando a Taverna a crescer!

3 Replies to “Beer Holder Cego 159 – Diablo”

  1. Fala Taverneiro e Bardo!!!
    Que satisfação ouvir esse cast pessoal, jogar Diablo para mim era meio que uma tradição familiar herdada do meu avô materno, já que foi ele que apresentou para mim esse mundo de nerdices e ele adorava esse jogo, pena que ele faleceu antes de poder jogar o Diablo 3, o jogo foi lançado em maio/2012 e ele faleceu em junho/2012, pois ficou um tempo internado no hospital e lembro de que uma das últimas coisas que conversamos enquanto ele estava internado, era de que iriamos jogar o D3 assim que ele melhorasse e saísse do hospital. Bom, chega de baixo astral, vamos as boas lembranças.
    Na época do Diablo 2 e anos seguintes, era bom demais ir na casa dele e ficar falando que tipo de nova combinação das gemas ele tinha feito e quais sets ele tinha conseguido fechar, depois íamos jogar mais um pouco para passar o tempo, nossa bons tempos.
    Bom, vou matar um pouco das saudades que tenho dele e vou jogar o D2 de novo em homenagem, então me despeço aqui, deixo uma moeda de ouro, pois esse cast me fez lembrar de uma época que não volta mais e que foi incrível demais para mim.
    Abraços

    1. Bruno, entendo direitinho esse sentimento. No caso era comigo e meus irmãos. Começamos no Diablo 1 e seus famigerados 15 slots de memory card do PS1. Mais tarde o Diablo 2 foi na época que fui estudar fora na faculdade, e eles também, então nosso período de férias usavamos pra jogar o Diablo 2 horas e horas madrugada a dentro. Várias vezes enjoávamos do personagem e criavamos um novo usando outra build. Lembro que chegamos no quarto ato e a última coisa que faltava era derrotarmos juntos o chefão Diablo (algo que nunca conseguimos fazer e assim terminar o jogo).
      Acho que todo mundo que viveu essa época irá ter uma boa nostalgia dessas aventuras do tempo da internet discada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *