Beer Holder Cego 162 – Noir Carnavalesco!

Olá aventureiros, agora que vocês já são mestres em colecionar sacis, nós vamos ascender ao próximo nível e encarnar na pele de um boto em pleno carnaval!

Venha conhecer o Ian Fraser Lima, sua história com a cultura do Brasil e ver personagens folclóricos como você nunca viu antes. Prepare-se para jogar capoeira com alguns Sacis, confrontar a loira do banheiro, e falhar miseravelmente contra os encantos da Iara.

Conheça esse romance, ajude esse autor ou a Pisadeira vai sugar sua energia essa noite!

Mande seu e-mail com criticas, sugestões e suas impressões sobre o nosso podcast para: contato@beholdercego.com

Ajude o Beholder Cego respondendo a nossa pesquisa, assim também você nos ajuda a te conhecer melhor:
https://goo.gl/forms/PTte0xEqiZj1e1u32

Ajudar os goblins da taverna é bom, ainda mais se você ganhar um descontinho né?

Compre a camiseta Dwarf no Barril

Camiseta Dwarf no Barril


Conheça agora as novas camisetas da Taverna:

Assine nosso feed: https://www.beerholdercego.com.br/feed/podcast

Não deixe de compartilhar para todos os seus amigos, juntamente com seus jogadores.

Monte sua mesa, mande fotos e conte um pouco da sua aventura para a taverna!

Fale com a gente pelo e-mail: contato@beerholdercego.com.br

Nas redes sociais somos @beerholdercego no Twitter e Instagram e assim também no Facebook participe do Grupo da Taverna.

Não esqueça de ajudar a taverna divulgando nosso podcast em todas as redes sociais, bem como nos avaliando positivamente na ITunes.

Seja um padrinho da taverna e dessa forma nos ajude a continuar crescendo:

https://www.padrim.com.br/obeholdercego

PicPay da Taverna

Muito obrigada aos nossos queridos padrinhos que contribuíram e assim também estão ajudando a Taverna a crescer!

One Reply to “Beer Holder Cego 162 – Noir Carnavalesco!”

  1. Saudações Prix, Taverneiro e Bardo aqui é o Fábio Felix (o cara do ex-orfanato/ex-sanatório) o cast foi muito legal, mas não venho aqui falar diretamente dele, queria falar de uma coisa que está ocorrendo na minha mesa. Nós chamamos de “Sistema de Crónicas” os jogadores postam num grupo privado histórias do seu personagem, ou relacionadas a ele, tanto do passado antes do grupo, quanto nos momentos de “folga” do grupo, no começo o mestre presenteava os jogadores, mas se tornou algo tão orgânico e divertido entre nós que as premiações se tornaram desencessárias. Queria saber de vocês o que acham dessas interações fora da mesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *