Beer Holder Cego 172 – Você entendeu a referência?

Olá aventureiros! Bem vindos a Taverna do Beer Holder Cego!

Hoje é dia de explorar de onde vem nossas referências e como usamos elas nas nossas mesas! Venha para esse papo super divertido e cheio de idéias!

Conta pra gente quais são as suas referencias e como você usa insere elas . CONTATO@BEERHOLDERCEGO.COM.BR

Ajude os Goblins Remelentos e compre pelos links da Taverna:

🤑 Assine Amazon Prime 🤑
https://amzn.to/2LpuYRi

Ajude o Beholder Cego respondendo a nossa pesquisa:  
https://goo.gl/forms/PTte0xEqiZj1e1u32

E não deixe de ouvir as aventuras na cozinha da gnoma:

Compre a camiseta Dwarf no Barril

Camiseta Dwarf no Barril


Conheça agora as novas camisetas da Taverna:

Assine nosso feed: https://www.beerholdercego.com.br/feed/podcast

Não deixe de compartilhar para todos os seus amigos e jogadores. Monte sua mesa e mande fotos e contos contando um pouco da sua aventura para a taverna!

Fale com a gente pelo e-mail: contato@beerholdercego.com.br

Nas redes sociais somos @beerholdercego no Twitter e Instagram e no Facebook participe do Grupo da Taverna.

Não esqueça de ajudar a taverna divulgando nosso podcast e avaliando positivamente na ITunes.

Seja um padrinho da taverna e nos ajude a continuar crescendo em https://www.padrim.com.br/beerholdercego

PicPay da Taverna

Obrigada Padrinhos!

Muito obrigada aos nossos queridos padrinhos que contribuíram e estão ajudando a Taverna a crescer!
  • Andre Batista Moreira
  • Daniel Freira da Silva
  • Mattheus Belo
  • Davidson
  • Emilia Yamamoto
  • Diogo Camillo Peres
  • Felipe Gomes
  • Jorge Monteiro Pedrosa
  • Victor Hugo Clébis
  • Thalisson C. Torres
  • Marcelo Rebello
  • Cleiton Correa Medeiros
  • Thiago Carazzai
  • Ulisses Tasqueti
  • Thiago Gomes de Miranda
  • Eduardo Sierra
  • Wesley Lube D. Neves
  • Pedro Henrique Rosa
  • Jorge Augusto Terrão
  • André Samuel Nunez
  • Daniel Natã
  • Bruno Gregório
  • Rodrigo Fock
  • André Dorte dos Santos
  • Erik Luiz Grentesk
  • Bruno Pelisson Marques
  • Rodrigo Minan de Oliveira Crus
  • Douglas Jackson Almeida Silva
  • Andressa Busetti Martins
  • Carlos Augusto Francisco Martins
  • Luiz Felipe Braga da Silva
  • Fernando José Vieira de Oliveira
  • Ronan Gutoch
  • Alexandre Taka
  • Gustavo Ceragioli
  • Alfredo Filho
  • Jorge Henrique
  • Matheus Oshiro
  • Vagner Junior
  • Marcos Vinicius Santos
  • Anderson Souza
  • Marcelo Augusto Reis Silva
  • Igor Marinho
  • Mauricio Oliveira
  • Renato Batista
  • Willian Klein
  • Cássio Racy
  • Israel Gomes
  • Walquiria Lima
  • André Kupkovski
  • Bruno Tolentino
  • Salomão Santiago
  • Sergio Crelis Junior
  • Willen Ribeiro do Prado
  • Henrique Susin Scopel
  • Vinicius Haubert
  • Rafael Marques da Silva
  • José Enio 
  • Romulo Moraes
  • Kalouro
  • Felipe Augusto Nunes Da Silva
  • Matheus Amilton De Souza
  • Douglas Dias
  • Aline Maciel
  • João Victor de Melo
  • Pedro Quintanilha
  • Rafael Correa Nagy
  • Tiago Cunha dos Santos
  • Gustavo Caldini Lourençon
  • Gustavo Mortari Ferreira
  • José Antônio Silveira Ferreira
  • Paulo Weber Louvem Gomes
  • Bruno Rodrigues Piva
  • Eduardo Marques
  • Alexandre Kawanishi
  • Bruno Fávaro Piovan
  • Jailton Alves Geronimo
  • Marcelo Miyoshi
  • Ricardo Adelino de Sales
  • Bruno Fernandes Santos
  • Rafael David Sales Machado
  • Cleyton Geovanini
  • Vitor Carvalho
  • Gabriel Silva De Sousa
  • Raoni Romao
  • Pedro Coutinho
  • Max Fischer
  • Stella Mesquita
  • Benuel Cedro Farias
  • Diego Mezencio
  • Lucas Alexandre
  • Andrey Murilo
  • Jo Rauen
  • Icaro Castelo Branco da Costa
  • Ueverton Bizerril Soares
  • Alexandre Ratacheski
  • Mirele Miranda
  • Leonardo Oliari
  • Patrick Sousa
  • Wander Damasceno Rodrigues
  • George Nampo
  • Gustavo Bernardeli
  • Thiago Vale
  • Guilherme Farias
  • Luiz Henrique Domingues Wille
  • Joseph Oliveira
  • Igor Bonfá
  • Alexander Ischaber Xavier
  • Matheus Vizzotto
  • Diogo Stafocher
  • Pedro Henrique Matos
  • Giovanni Garcia
  • Fernando Francisco Cruz
  • Mateus Dutra
  • Cássio Félix

2 Replies to “Beer Holder Cego 172 – Você entendeu a referência?”

  1. Salve queridos, rolou cast de Referência é obrigatório eu tirar um tempinho pra dar meus dois centavos sobre o assunto hahaha.

    Eu acho curioso que todo produto hoje de cultura é quase inevitável que tenha alguma referência, seja de algo de terceiros ou algo do próprio universo. Eu sempre acho que este tipo de recurso é sempre uma chance de testar atenção e acrescentar alguns pontos que possam até mesmo dar interatividade pra aventura. Como produtor de um rpg abarrototado de referências eu sou absurdamente suspeito pra dizer isso mas se bem usado isto pode ser um recurso poderoso.

    Eu acredito que referência seja um ingrediente de laboratório que está aí para ser usado e também ajudar a criar alguams coisas. Quando se trata de algumas outras áreas, como publicidade por exemplo, isto é como um fósforo para dar luz a ótimas ideias e pro RPG não é diferente.
    Quando vou mestrar sempre gosto de conversar com os jogadores pra saber qual é o feeling e o que estão esperando, assim da pra ter uma jogatina bem gostosa e com aquele sentimento gostoso da supresa que remete a algo que conhecemos(ou todo mundo vai ficar como o capitão américa que entendeu).É sempre muito gratificante quando os jogadores tem até mesmo aquele sorrisinho de: ahhh mestre sem vergonha…

    Tratando das que eu gosto de usar, eu sempre curto usar alguns menes volta e meia ou algo das minhas principais referências de escrita, como Tolkien e Cornwell da vida. Mas têm um tipo de referência que é bacana usar também quando se têm mais de uma mesa com o mesmo grupo, que é usar elementos de outra como se fosse um outro unierso mas meio que X NPC ou cidade existe(quem faz isso muito em RPG’s de videogame é a série Final Fantasy com seus cid’s, summons, cidades e etc).

    No mais, cast tri-divertido e já na vibe do ep de The Witcher, salvem os goblins hahaha o/
    Um abraço do Heavy

  2. Adorei o podcast e, acho que como todo mundo, uso muitas referências na aventura que estou mestrando.
    Diga-se de passagem baseei minha aventura em todo o universo do Neil Gaiman (Stardust, Livros da Magia, Hellblazer, Sandman), ou seja, toda minha aventura é uma referência 🙂

    Quanto a sugestões de temas para o podcast de magias, acho que além do citado Hellblazer/Constantine, acho que dava pra incluir a série do Livros da Magia que lida muito com a idéia de que toda a magia tem seu preço e como o próprio Constantine fala várias vezes: Não vale a pena

    E também a magia do universo Discoworld, do Terry Pratchett. Que é meio que selvagem e a própria academia de magia é algo absurdo (além do prédio ser invisível, os magos sempre estão tentando se matar pra subir na “carreira”)

    Do mais, parabéns de novo pelo podcast e to aqui numa maratona de ouvir vários cast antigos que perdi 😁

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *