Beer Holder Cego 187 – A Lenda do Rei Artur

Olá aventureiros, o papo seria sobre as Crônicas de Artur, do grande Bernard Cornwell, Mas como nada sai como planejado, nós fomos além!

Avançamos sobre o tema falando de várias histórias e na companhia da Prix e do Marcelo Rebelo nós demos vida a Camelot, falamos sobre a construção de personagens memoráveis.

Então tire sua espada da pedra, mostre misericórdia aos inimigos e nunca vá para uma batalha sem sua bainha!

Conta pra gente se você gostou do podcast, dos convidados e o que você achou desse episódio cheio de ideias legais!

CONTATO@BEERHOLDERCEGO.COM.BR

Ajude os Goblins Remelentos e compre pelos links da Taverna:

 Assine Amazon Prime 
https://amzn.to/2LpuYRi

Assine Kindle Unlimited
https://amzn.to/35C8KDn

Compre na Caverna do DM com 10% de Desconto!! http://www.cavernadodm.com.br/?ref=beerholder

Ajude o Beer holder Cego usando os nossos links:

Crônicas de Artur Livro 1 – O Rei do Inverno

Crônicas de Artur Livro 2 – O Inimigo de Deus

Crônicas de Artur Livro 3 – Excalibur


Ajude o Beer holder Cego respondendo a nossa pesquisa:  
https://goo.gl/forms/PTte0xEqiZj1e1u32

E não deixe de ouvir as aventuras na cozinha da gnoma:

Compre a camiseta Dwarf no Barril

Camiseta Dwarf no Barril


Conheça agora as novas camisetas da Taverna:

Assine nosso feed: https://www.beerholdercego.com.br/feed/podcast

Não deixe de compartilhar para todos os seus amigos e jogadores. Monte sua mesa e mande fotos e contos contando um pouco da sua aventura para a taverna!

Fale com a gente pelo e-mail: contato@beerholdercego.com.br

Nas redes sociais somos @beerholdercego no Twitter e Instagram e no Facebook participe do Grupo da Taverna.

Não esqueça de ajudar a taverna divulgando nosso podcast e avaliando positivamente na ITunes.

Seja um padrinho da taverna e nos ajude a continuar crescendo em https://www.padrim.com.br/beerholdercego

PicPay da Taverna

Obrigada Padrinhos!

Muito obrigada aos nossos queridos padrinhos que contribuíram e estão ajudando a Taverna a crescer!
  • Andre Batista Moreira
  • Daniel Freira da Silva
  • Mattheus Belo
  • Davidson
  • Emilia Yamamoto
  • Diogo Camillo Peres
  • Felipe Gomes
  • Jorge Monteiro Pedrosa
  • Victor Hugo Clébis
  • Thalisson C. Torres
  • Marcelo Rebello
  • Cleiton Correa Medeiros
  • Thiago Carazzai
  • Ulisses Tasqueti
  • Thiago Gomes de Miranda
  • Eduardo Sierra
  • Wesley Lube D. Neves
  • Pedro Henrique Rosa
  • Jorge Augusto Terrão
  • André Samuel Nunez
  • Daniel Natã
  • Bruno Gregório
  • Rodrigo Fock
  • André Dorte dos Santos
  • Erik Luiz Grentesk
  • Bruno Pelisson Marques
  • Rodrigo Minan de Oliveira Crus
  • Douglas Jackson Almeida Silva
  • Andressa Busetti Martins
  • Carlos Augusto Francisco Martins
  • Luiz Felipe Braga da Silva
  • Fernando José Vieira de Oliveira
  • Ronan Gutoch
  • Alexandre Taka
  • Gustavo Ceragioli
  • Alfredo Filho
  • Jorge Henrique
  • Matheus Oshiro
  • Vagner Junior
  • Marcos Vinicius Santos
  • Anderson Souza
  • Marcelo Augusto Reis Silva
  • Igor Marinho
  • Mauricio Oliveira
  • Renato Batista
  • Willian Klein
  • Cássio Racy
  • Israel Gomes
  • Walquiria Lima
  • André Kupkovski
  • Bruno Tolentino
  • Salomão Santiago
  • Sergio Crelis Junior
  • Willen Ribeiro do Prado
  • Henrique Susin Scopel
  • Vinicius Haubert
  • Rafael Marques da Silva
  • José Enio 
  • Romulo Moraes
  • Kalouro
  • Felipe Augusto Nunes Da Silva
  • Matheus Amilton De Souza
  • Douglas Dias
  • Aline Maciel
  • João Victor de Melo
  • Pedro Quintanilha
  • Rafael Correa Nagy
  • Tiago Cunha dos Santos
  • Gustavo Caldini Lourençon
  • Gustavo Mortari Ferreira
  • José Antônio Silveira Ferreira
  • Paulo Weber Louvem Gomes
  • Bruno Rodrigues Piva
  • Eduardo Marques
  • Alexandre Kawanishi
  • Bruno Fávaro Piovan
  • Jailton Alves Geronimo
  • Marcelo Miyoshi
  • Ricardo Adelino de Sales
  • Bruno Fernandes Santos
  • Rafael David Sales Machado
  • Cleyton Geovanini
  • Vitor Carvalho
  • Gabriel Silva De Sousa
  • Raoni Romao
  • Pedro Coutinho
  • Max Fischer
  • Stella Mesquita
  • Benuel Cedro Farias
  • Diego Mezencio
  • Lucas Alexandre
  • Andrey Murilo
  • Jo Rauen
  • Icaro Castelo Branco da Costa
  • Ueverton Bizerril Soares
  • Alexandre Ratacheski
  • Mirele Miranda
  • Leonardo Oliari
  • Patrick Sousa
  • Wander Damasceno Rodrigues
  • George Nampo
  • Gustavo Bernardeli
  • Thiago Vale
  • Guilherme Farias
  • Luiz Henrique Domingues Wille
  • Joseph Oliveira
  • Igor Bonfá
  • Alexander Ischaber Xavier
  • Matheus Vizzotto
  • Diogo Stafocher
  • Pedro Henrique Matos
  • Giovanni Garcia
  • Fernando Francisco Cruz
  • Mateus Dutra
  • Cássio Félix
  • Zero Dalmaso Carmona
  • Klauber Mattos
  • Sabrina Palma
  • Tiago Frozza
  • Pedro Castro
  • Victor Valentim
  • Paulo Krzyzanowski
  • Glauber Rocha
  • Jean Cezario
  • Richard Wilhian Schug
  • Thiago Cardoso de Castro
  • Edson Junior
  • Renato Oséas Silva Fonseca
  • Tainara Santos
  • Romulo Henrique Sirino
  • Guillain de Ridder Martins Varela
  • Alexandre Esperança
  • Paulo Castro
  • Alisson Guimarães
  • Luiz Gustavo Francisco
  • Rafael Pereira Da Silva
  • Mateus Silva
  • Elder Francisco

One Reply to “Beer Holder Cego 187 – A Lenda do Rei Artur”

  1. Uma criaturinha fofa e tímida entra pela porta. Em passos cautelosos ele aproxima-se do bardo, crendo que este músico seria o indivíduo mais simpático do salão e, após um tempo juntando coragem, ele fala com um sotaque ímpar:
    -vocês pode me ajudarr? eu sou um RRobyt¹ azarrado sem nenhuma habilidade, nenhum talento, nadinha; alguns poderriam dizerr que sou um RRobyt nível zero. Eu estarr no continente OUna² e cairr da borrda dele; o nosso primeirro aventurreiro, Qyha³ um RRobyt sorrtudo, que uniu o nosso mundo à Tcyna’Ur abaixo de nós, caiu na vela de um barrco e eu só tentei me acalmarr achando que o mesmo iria acontecerr comigo.
    Invés disso, eu vi … uma… uma coisa: caindo junto de mim um homem com uma roupa brranca engrraçada, babados nos pulsos, colarrinho e botões verrmelho grrandes, além disso ele tinha um sorriso estrranhíssimo porrém eu não me assustei, eu estava me sentindo compelido a fazerr o que ele dizia. Ele me oferreceu um balão verrmelho dizendo que eu iria flutuar e, ao pegarr nele, eu fui engolido pelo balão.
    Dentrro do balão eu vi mirríades de demônios em torrentes de chamas errguendo-se do chão em um planeta diferrente da minha Tcyna’Ur. Depois de atrravessar aquela torrmenta caindo para cima enquanto ela caia para baixo eu acorrdei em um lago, sai desesperrado tentando falarr com alguns bestiais com aspecto de lagarrto mas nossas línguas não se entendiam; quando percebi que estava tentando falar com um bestial corri por minha vida e merrgulhei de novo no lago tentando talvez voltarr prro meu mundo mas só o que consegui foi que um peixe entrrasse pelo meu ouvido.
    Foi a sensação mais nojenta da minha vida. Mas desde que esse peixe entrrou no meu ouvido eu estou conseguindo entenderr todo mundo desse mundo. Um velho cinzento, após uma longa conversa sobre os varrios significados que ‘bom dia’ pode terr, me disse que aqui eu encontrrarria ajuda; um verrdinho ao lado dele me disse que você terriam a força necessárria para me salvarr. Querr dizerr, ele falou a língua de vocês de um jeito esquisito trrocando as palavrras de lugarr, acho que ele tem que ganharr uns dois peixes naquelas orrelhas grrandes. Mas ambos parreciam saberr o que diziam.
    E ai, o que vocês fazem?
    1. “abençoado” da língua da fundação RR+OB+YT.
    2. “fábula” da língua da fundação da língua da fundação OU+NA
    3. “mau” da língua da fundação ala da língua da fundação QY+HA
    PS: não consegui enviar a imagem da escrita de Tcyna’Ur, rrobyt, ouna e qyha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *